Últimos Releases

Copacabana abrigará a maior emergência da zona sul do Rio de Janeiro

Em continuidade a uma estratégia de revitalização da instituição, o Hospital São Lucas inaugura seu novo Serviço de Emergência.

Totalmente reformulada, com infraestrutura moderna e um fluxo de atendimento pensado para dar mais agilidade à assistência médica, a nova Emergência do Hospital São Lucas, em Copacabana, torna-se a maior da zona sul do Rio de Janeiro. Com um investimento de mais de R$ 10 milhões, o serviço foi recém-inaugurado.

Em mais de mil metros quadrados, a nova Emergência conta com importantes diferenciais. “Para oferecer um serviço de excelência à população, o propósito da instituição é ser cada vez mais completo. A zona sul do Rio de Janeiro, que tinha poucas opções para atendimento emergencial especializado 24 horas por dia, agora pode contar também com essa exclusividade do Hospital São Lucas”, comenta o Dr. Lincoln Bittencourt, diretor-geral da instituição.

A nova Emergência possui duas salas de triagem para classificação de risco, oito consultórios médicos, 14 boxes de repouso, com estrutura individualizada para pacientes com quadros infectocontagiosos, além de um dos centros cirúrgicos mais modernos da região. “Poder oferecer um serviço de ponta como esse à população, garantindo agilidade e cuidado num momento de tensão para um paciente que chega ao hospital através da emergência, é uma grande realização para o hospital”, afirma o Dr. Wilson Nakasato, diretor médico do São Lucas.

“Podemos dizer que, hoje, somos a maior Emergência da zona sul do Rio de Janeiro”, afirma a Dra. Teresa Vannucci, chefe da Emergência do Hospital São Lucas. De acordo com a médica, são mais de cem colaboradores entre médicos especialistas e enfermeiros, com potencial para atender até 10 mil pacientes por mês – de diversos planos de saúde – com cuidado e eficiência.

Saiba mais sobre o São Lucas Copacabana

Localizado em Copacabana, região de fácil acesso na zona sul do Rio de Janeiro, o São Lucas é um hospital geral especializado em medicina de alta complexidade, como oncologia, cardiologia, ortopedia, urologia, cirurgia geral, bariátrica e neurocirurgia. Atualmente, o São Lucas conta com 163 leitos, divididos entre quartos privativos, unidade de tratamento intensivo (UTI) para adultos – geral e cardiointensiva – e enfermarias, além de possuir um dos mais modernos centros cirúrgicos da região, com 12 salas cirúrgicas, incluindo uma sala para cirurgia robótica, e 13 leitos de recuperação pós-anestésica (RPA). O hospital também dispõe de um moderno centro de medicina diagnóstica e unidade com consultórios médicos de diversas especialidades. O São Lucas vai inaugurar dois novos andares com setor para internações, quartos VIPs e mais leitos no centro de tratamento intensivo, passando a contar com 210 unidades.