Logo

Mastologia

3 minutos de leitura

Nódulo na mama: o que é, quais os tipos e quando é preocupante

JO
Dra. Juliana Ominelli - Oncologista - MédicaAtualizado em 12/01/2024
Nódulo na mama: o que é, quais os tipos e quando é preocupante

Conhecer o próprio corpo auxilia na percepção de sinais que podem indicar a necessidade de consultar um médico. O surgimento de um nódulo na mama, por exemplo, pode ser identificado por meio da palpação das mamas e exames de rastreio, como a mamografia, por exemplo. Nesta matéria, a Dra. Juliana Ominelli, oncologista do Hospital São Lucas Copacabana, tira as principais dúvidas sobre o tema.

O que é nódulo na mama?

Nódulos são lesões sólidas que podem surgir em qualquer parte do corpo, inclusive nos seios. O nódulo benigno cresce mais lentamente e as células são semelhantes às “originais". Já o maligno se desenvolve com mais rapidez, é formado por células anômalas e pode invadir outras áreas em um processo que recebe o nome de metástase.

Quais são os sintomas dos nódulos na mama?

A campanha Outubro Rosa busca conscientizar a população sobre a importância do autoexame e das consultas de rotina. No entanto, esta atenção deve ser estendida para todos os meses do ano, inclusive para homens e crianças.

“O nódulo na mama é o sintoma em si. Algumas pacientes também podem apresentar inversão do mamilo, retração da pele e alteração de sua cor e textura", explica a especialista.

Nódulo na mama: o que pode ser?

Existem diversos tipos de nódulo na mama, classificados em quatro categorias, com base no sistema BIRADS – padrão internacional para interpretação de achados nos exames de imagem – que ajuda a identificar se a imagem representa benignidade ou malignidade. Os nódulos podem ser classificados em:

  • Categoria 2: lesões benignas, sem risco de malignidade;
  • Categoria 3: lesões provavelmente benignas; risco de malignidade inferior a 2%;
  • Categoria 4: lesões suspeitas; risco de malignidade entre 2% e 97%;
  • Categoria 5: lesões altamente suspeitas; risco de malignidade superior a 97%.

Nódulos benignos na mama recebem o nome de mastopatia e podem ser decorrentes tanto de alterações hormonais quanto do surgimento de cistos no tecido mamário, por exemplo. Veja as principais causas:

  • Alterações fibrocísticas: têm relação com mudanças hormonais e se manifestam principalmente durante o período menstrual;
  • Cistos: são mais frequentes em mulheres jovens e estão associados ao período menstrual;
  • Fibroadenoma: nódulo benigno e com incidência maior entre mulheres mais jovens;
  • Lipoma: acúmulo de tecido gorduroso que não oferece riscos à saúde feminina;
  • Mastite: inflamação do tecido mamário, normalmente acompanhada de infecção. Está ligada ao período da amamentação, porém pode ocorrer em mulheres não lactantes, homens e crianças.

Qual especialista devo procurar?

O médico mastologista é especializado na avaliação das mamas, tanto para doenças benignas quanto malignas. Estar em dia com as consultas e os exames periódicos possibilita o diagnóstico precoce do nódulo nos seios, incluindo o câncer de mama.

Núcleo de mama no Centro Médico São Lucas: atendimento ambulatorial com conforto e segurança

Para oferecer um atendimento acolhedor e seguro para as pacientes com suspeita ou diagnóstico confirmado de câncer de mama, o Centro Médico São Lucas, na Gávea, desenvolveu o Núcleo de Mama totalmente dedicado ao cuidado com as mamas. O espaço dispõe de toda a infraestrutura necessária para receber as pacientes com conforto e segurança em suas consultas e exames, que ocorrem em um fluxo ágil e organizado para investigação, diagnóstico, tratamento e pós-alta.

Além dos exames de rotina e de rastreamento para o câncer de mama, o espaço também tem acesso à ampla gama de exames laboratoriais e de imagem fornecida pelos laboratórios Dasa (como CDPI, Sérgio Franco, Bronstein e GeneOne) para investigação de nódulos e definição das melhores opções de tratamento para quadros de baixa ou alta complexidade.

Exames diagnósticos

  • Ultrassonografia mamária;
  • Mamografia digital;
  • Procedimentos para biópsia;
  • Ressonância magnética mamária.
  • Exames para estadiamento
  • Cintilografia óssea;
  • Tomografia computadorizada;
  • PET-CT ;
  • Sequenciamento genético;
  • Testes moleculares.

A equipe multidisciplinar especializada que recebe a paciente desde o primeiro atendimento é formada por profissionais altamente capacitados e experientes em suas áreas de atuação.

Especialidades médicas do Núcleo de Mama

  • Oncologia;
  • Mastologia;
  • Ginecologia;
  • Oncogenética;
  • Radiologia mamária;
  • Radio-oncologia.

Agendar Consulta

Escrito por
JO

Dra. Juliana Ominelli

Oncologista | Médica

Artigos Relacionados

Dor nos seios: quando se preocupar com a mama dolorida?

Mastologia

3 min

Dor nos seios: quando se preocupar com a mama dolorida?

​​A mama é uma região bastante sensível, o que torna a dor nos seios algo comum. Saiba o que pode ser e como diagnosticar.
Nódulos: o que são, quais as suas causas, sintomas e quando se preocupar

Mastologia

4 min

Nódulos: o que são, quais as suas causas, sintomas e quando se preocupar

Perceber um nódulo em qualquer região do corpo, naturalmente, desperta apreensão. Saiba como agir diante do surgimento de nódulos.
Ver mais artigos
Escrito por
JO

Dra. Juliana Ominelli

Oncologista | Médica