Logo

Ortopedia

3 minutos de leitura

Ombro deslocado: o que fazer e como é o tratamento

Entenda como o problema ocorre e o que fazer caso você ou alguém próximo passe por essa situação
DR
Dr. Daniel Ramallo - Ortopedista - MédicoAtualizado em 18/01/2024

Ombro deslocado é uma lesão que ocorre na cabeça do úmero, o maior osso do membro superior e que está conectado com a escapula em um local denominado cavidade glenoide. O deslocamento ocorre quando ele sai da cavidade óssea onde ele fica.

É uma lesão comum, responsável por cerca de 5% de todas as lesões esportivas. Continue a leitura para entender melhor como ela ocorre e o que fazer se isso acontecer.

Principais causas para o ombro deslocado

Também chamado de luxação glenoumeral, o deslocamento do ombro é provocado principalmente por um trauma, que pode ocorrer em situações como:

  • Pancadas durante uma partida de futebol ou outro esporte;
  • Quedas;
  • Acidentes de carro;
  • Atropelamentos;
  • Outros incidentes domésticos.

Outras causas menos frequentes para o ombro deslocado são as crises epilépticas (a contração muscular e até uma eventual queda podem provocar o problema) e choque elétrico.

**Leia mais: **conheça os sintomas de bursite no ombro

Sinais de que um ombro está deslocado

Os sinais de que um ombro está deslocado são:

  • Dor intensa no local da lesão;
  • Incapacidade de mover o braço;
  • Deformidade visível no ombro;
  • Inchaço (edema);
  • Equimose (hematoma) no ombro.

O que fazer?

Ao suspeitar que você ou outra pessoa esteja com o ombro deslocado, é fundamental não tentar recolocar no lugar por conta própria. Coloque o braço afetado em uma posição de conforto com uma tipoia ou pano, aplique gelo para reduzir o inchaço e procure uma emergência ortopédica imediatamente.

Diagnóstico de um ombro deslocado

O diagnóstico de um ombro deslocado é feito com base no exame clínico, ou seja, o médico vai examinar o ombro e avaliar os sintomas. No entanto, é mandatório realizar um raio-x na admissão do paciente para avaliar dois pontos importantes:

  • O local exato do deslocamento. Isso vai guiar o médico na hora de realizar a manobra de redução (ou seja, colocar o ombro no lugar);
  • Checar se existem fraturas associadas.

Tratamento para ombro deslocado

O tratamento para ombro deslocado é feito com a chamada redução da luxação. A redução é um procedimento realizado pelo ortopedista que consiste em reposicionar a cabeça do úmero na cavidade glenoide (escápula).

A redução pode ser realizada com medicamentos que controlam a dor. No entanto, em casos mais complexos, pode ser necessária a intervenção cirúrgica para corrigir o problema.

Após a realização da manobra, o ombro deve ficar imobilizado por cerca de 7 dias com a ajuda de uma tipoia. Após esse período, o paciente inicia uma fase de fisioterapia e reforço muscular.

Remédios como analgésicos e anti-inflamatórios também ajudam na recuperação. O objetivo é recuperar a amplitude de movimento, força e confiança do ombro.

Nessa fase, é importante que o indivíduo seja acompanhado ambulatorialmente por um médico ortopedista.

Leia mais:Italic alongamentos podem ajudar a prevenir problemas de saúde?

Quanto tempo, em média, leva para recuperar um ombro deslocado?

O tempo de recuperação de um ombro deslocado varia de acordo com a gravidade da lesão e a idade do paciente. Em geral, a recuperação total acontece após 1 ou 2 meses, mas a liberação para voltar à vida normal depende da gravidade da lesão.

Agendar Consulta

Escrito por
DR

Dr. Daniel Ramallo

Ortopedista | Médico

Artigos Relacionados

Fascite plantar: entenda o que é e o que fazer para curar as dores nos pés

Ortopedia

3 min

Fascite plantar: entenda o que é e o que fazer para curar as dores nos pés

Você sabe o que é trauma? Entenda o que é e aprenda a prevení-lo

Ortopedia

2 min

Você sabe o que é trauma? Entenda o que é e aprenda a prevení-lo

Sangramento é uma das maiores causas de morte por trauma

Ortopedia

2 min

Sangramento é uma das maiores causas de morte por trauma

​Muitas pessoas não sabem, mas o sangramento é considerado, hoje, uma das maiores causas de morte evitáveis por trauma. Saiba mais.
Você sabe o que é síndrome do pescoço de texto?

Ortopedia

3 min

Você sabe o que é síndrome do pescoço de texto?

Passar muito tempo olhando o celular pode prejudicar a saúde
Ver mais artigos
Escrito por
DR

Dr. Daniel Ramallo

Ortopedista | Médico