Logo

Cardiologia

4 minutos de leitura

Dor no tórax: o que é, causas, como identificá-la e tratá-la?

APC
Dr. Alexandre Pinto Cardoso - Pneumologista - médicoAtualizado em 12/01/2024
Dor no tórax: o que é, causas, como identificá-la e tratá-la?

O termo dor no tórax costuma ser usado quando sentimos desconforto na região do peito. Essa sensação pode ser associada a alterações no coração, na parede torácica, no trato gastrointestinal, nos músculos e nas articulações da região. Outra ocorrência bastante comum é a dor de origem no aparelho respiratório, principalmente quando envolve a pleura (camada de tecido que reveste os pulmões). O Dr. Alexandre Pinto Cardoso, pneumologista do Hospital São Lucas Copacabana, fala sobre as causas mais comuns de dor torácica no aparelho respiratório e como identificá-las de acordo com o tipo de mal-estar.

Por que sentimos dor?

Os nociceptores são terminações nervosas que recebem estímulos aversivos – como repulsa e reações negativas – e agressivos e enviam tal informação para o sistema nervoso central, que a processa como dor. Como o pulmão possui poucas dessas células, com exceção da pleura, quando outras estruturas que compõem o órgão são acometidas por algum desarranjo, estas podem não apresentar dor como sintoma.

Existe dor no aparelho respiratório?

Segundo o Dr. Alexandre, sim, existe dor no aparelho respiratório, e o grande desafio é identificar quando o incômodo tem origem nessa região. De forma segura, não é possível realizar essa distinção sem o auxílio de um médico, pois existem causas de desconforto no tórax, também relatadas como dor no peito, que necessitam de diagnóstico rápido e eficaz para evitar um desfecho grave. “Nesse sentido, classificamos a dor torácica como aguda e crônica, e a conversa com o paciente é decisiva para a identificação do agente causador", explica o especialista.

Causas de dor torácica aguda de origem respiratória

O médico ainda fala sobre como a estrutura que envolve o pulmão – a pleura – é ricamente inervada, o que faz com que a dor se manifeste sempre que há alguma enfermidade. Confira, a seguir, quais são as principais causas de dor no tórax.

Pneumotórax espontâneo ou derrame pleural gasoso

Quadro caracterizado pela entrada de ar na cavidade pleural pela ruptura dos alvéolos. Causa dor no lado comprometido (que piora com a respiração) e pode ser acompanhado de dispneia (falta de ar) e tosse.

Pneumonia com comprometimento pleural

Essa disfunção se manifesta por meio de febre, tosse com ou sem expectoração (catarro) e dor torácica que piora com a respiração.

Derrame pleural líquido

Também conhecido como “água na pleura", provoca dor no tórax, tosse seca e pode incluir falta de ar e febre.

Embolia pulmonar

Provoca tosse, dispneia e escarros de sangue. Acomete principalmente pacientes com doença venosa dos membros inferiores, pacientes em pós-operatório, mulheres que fazem uso de anticoncepcionais hormonais e pessoas que permaneceram sentadas durante viagens longas.

Dor torácica de origem cardiovascular aguda

Confira algumas de suas causas:

  • Infarto – dor cardíaca quase sempre referida no centro do peito que pode irradiar para o pescoço e a parte interna do braço esquerdo. Costuma se manifestar por meio da sensação de aperto e é acompanhada de ansiedade e sudorese.
  • Aneurisma dissecante da aorta – dor em forma de pontada que atinge o centro do tórax e a base do pescoço, podendo ser acompanhada de suor e choque provocado por queda de pressão.
  • Pericardite – inflamação da membrana que envolve o coração chamada pericárdio. Causa desconforto menos intenso, mas que também se apresenta na região central do tórax, piora com a respiração e, em alguns casos, surge acompanhada por febrícula (febre baixa).

Dores torácicas crônicas

O tórax abarca diversas estruturas que vão da pele aos vasos do tecido pulmonar. Dessa forma, é importante estar atento ao desconforto que se apresenta continuamente no dorso associado a tosse com catarro, emagrecimento e febre, pois pode ser indício de tuberculose pulmonar.

Para diagnosticar o agente causador da dor no tórax, o médico se apoia na anamnese (conversa com o paciente), no histórico de saúde do indivíduo e no exame físico; caso necessário, pode solicitar exames como:

  • raios X de tórax;
  • prova de função pulmonar;
  • tomografia do tórax;
  • oximetria de pulso.

A primeira etapa do acompanhamento pode ser feita por um clínico geral, que pode direcionar o tratamento para infecções, por exemplo. Caso o profissional constate alterações pulmonares, ele encaminhará o paciente para o pneumologista (especialista no funcionamento e nos cuidados com o pulmão).

Centro Médico São Lucas: assistência com qualidade e segurança

Para oferecer aos pacientes uma linha de cuidado integrada, que engloba todas as etapas de assistência médica com qualidade e segurança, o Hospital São Lucas Copacabana criou um centro médico próprio, localizado no Centro Médico do Shopping da Gávea. O espaço, que tem mais de 20 especialidades, é uma unidade-satélite avançada do hospital que oferece assistência em caráter preventivo e o diagnóstico de doenças, incluindo as pulmonares.

O acompanhamento clínico e pós-cirúrgico é feito por meio de uma equipe multidisciplinar altamente qualificada composta por médicos, psicólogos, nutricionistas e outros profissionais que formam a linha do cuidado integrado. O espaço está localizado no quinto andar do Shopping da Gávea, zona sul da cidade do Rio de Janeiro.

Agendar Consulta

Escrito por
APC

Dr. Alexandre Pinto Cardoso

Pneumologista | médico

Artigos Relacionados

Angioplastia: o que é, quais são os tipos, para que é indicada e como se dá a recuperação

Cardiologia

4 min

Angioplastia: o que é, quais são os tipos, para que é indicada e como se dá a recuperação

Cateterismo cardíaco: o que é, quando realizar o exame e como é feito?

Cardiologia

4 min

Cateterismo cardíaco: o que é, quando realizar o exame e como é feito?

​É bastante provável que você já tenha ouvido a palavra cateterismo em algum momento, mas você sabe o que é isso? Entenda.
Ergoespirometria: o que é e como é feito o teste cardiopulmonar de exercício?

Cardiologia

5 min

Ergoespirometria: o que é e como é feito o teste cardiopulmonar de exercício?

Exame realizado em esteira ou bicicleta ergométrica avalia possíveis alterações cardíacas
O que é aneurisma de aorta e por que ele é tão perigoso?

Cardiologia

2 min

O que é aneurisma de aorta e por que ele é tão perigoso?

Ver mais artigos
Escrito por
APC

Dr. Alexandre Pinto Cardoso

Pneumologista | médico