Logo

Pneumologia

3 minutos de leitura

Fibrose pulmonar: sintomas, causas e como tratar

Condição crônica é caracterizada pela formação de cicatrizes no pulmão
MB
Dr. Marcos Bethlem - Pneumologista - MédicoAtualizado em 15/01/2024
Fibrose pulmonar

Conforme envelhecemos, acumulamos histórias e experiências. Porém, junto com toda a bagagem das vivências, vêm também algumas mudanças naturais, como a mudança na disposição física e pode ser necessário um esforço maior para realizar o que, antigamente, soava mais fácil. Porém, ainda que faça parte de um processo natural, não é normal sentir cansaço extremo ao executar tarefas simples como arrumar a cama, por exemplo, e este pode ser um indicativo de condições médicas como a fibrose pulmonar, que deve ser diagnosticada e tratada.

Na matéria de hoje, o Dr. Marcos Bethlem, pneumologista do Hospital São Lucas Copacabana, explica o que é fibrose pulmonar e explica a importância de tratá-la precocemente.

O que é fibrose pulmonar?

A fibrose pulmonar é uma condição crônica caracterizada pela formação de cicatrizes no pulmão, que pode dificultar a captação de oxigênio e sua consequente entrega aos tecidos. “Por esse motivo, o quadro pode fazer com que o paciente apresente sintomas como dificuldade para respirar", explica o especialista.

Quais são os sintomas de fibrose pulmonar?

Comumente, os sintomas de fibrose pulmonar são inespecíficos e por isso, o indicado é consultar um pneumologista caso surjam manifestações como:

  • Dificuldade para encher o pulmão de ar;
  • Fadiga;
  • Falta de ar aos mínimos esforços;
  • Perda de peso não intencional;
  • Tosse seca persistente.

O que fazer quando sentir os primeiros sintomas?

O Dr. Marcos recomenda que “caso surja algum dos sintomas mencionados acima, é indicado se consultar com um pneumologista, visto que um diagnóstico preciso e o início do tratamento precoce, quando indicado, ajuda a retardar a progressão da doença e melhorar a qualidade de vida".

Como é o diagnóstico de fibrose pulmonar?

O profissional destaca ainda que fibrose pulmonar é um termo genérico para o surgimento de cicatrizes no pulmão. Sendo assim, é importante identificar o que está causando o problema para então tratá-lo. Dentre as doenças mais comuns, a fibrose pulmonar idiopática aparece como uma das principais condições que levam ao aparecimento progressivo de cicatrizes no pulmão.

“Para o diagnóstico, é importante que se monte um 'quebra-cabeça' de informações coletadas por meio da escuta do histórico do paciente (anamnese), exame físico e análises complementares, como tomografia, provas de função respiratórias e exames de sangue. Em algumas ocasiões também pode ser necessário realizar uma biópsia pulmonar", detalha. Covid-19 pode causar fibrose pulmonar?

“Síndrome Pós-Covid" e “Covid longa" são os nomes dados às sequelas que aparecem após a recuperação dos pacientes. Entre elas está a fibrose pulmonar, visto que a infecção pelo Sars-CoV provoca uma inflamação pulmonar que pode evoluir para fibrose. “A maioria desses pacientes evolui com recuperação das sequelas pulmonares, mas algumas pessoas podem manter o quadro ou até mesmo apresentar progressão da fibrose. Por esse motivo é importante manter acompanhamento com pneumologista a fim de monitorar a evolução do quadro", afirma o Dr. Marcos.

Como é o tratamento?

O tratamento da fibrose pulmonar varia de acordo com o agente causador. De modo geral, parar de fumar, aderir à reabilitação respiratória, alimentação saudável e atividades físicas ajudam o paciente a respirar melhor.

A depender da causa do problema, podem ser prescritas medicações como corticoide e imunossupressores para reduzir a inflamação e a formação de novas cicatrizes. “Quando a causa for a fibrose pulmonar idiopática, doença para a qual ainda não há cura, o tratamento busca aliviar os sintomas e retardar a progressão do quadro com medicações antifibróticas. Para casos avançados, o uso de oxigênio e o transplante de pulmão podem ser considerados", finaliza o especialista.

Centro Médico São Lucas: assistência com qualidade e segurança

Para oferecer aos pacientes uma linha de cuidado integrada, que engloba todas as etapas da assistência médica com qualidade e segurança, o Hospital São Lucas Copacabana criou um centro médico próprio, localizado no Shopping da Gávea, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. O espaço, que atende mais de 20 especialidades, é uma unidade-satélite avançada do hospital que oferece assistência em caráter preventivo e o diagnóstico de patologias, incluindo as pulmonares.

O acompanhamento clínico e pós-cirúrgico é feito por uma equipe multidisciplinar altamente qualificada composta por médicos, psicólogos, nutricionistas e outros profissionais de saúde que formam a linha do cuidado integrado e contribuem diretamente para o sucesso do tratamento do paciente. O espaço está localizado no Centro Médico (quinto andar) do Shopping da Gávea, zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Para agendar uma consulta ou obter mais informações, consulte nossos canais de atendimento.

Agendar consulta

Escrito por
MB

Dr. Marcos Bethlem

Pneumologista | Médico

Artigos Relacionados

Enfisema pulmonar: prevenção, sintomas, causas e tratamento

Pneumologia

4 min

Enfisema pulmonar: prevenção, sintomas, causas e tratamento

Cigarro e substâncias tóxicas ao sistema respiratório são principais causas desta condição
Ver mais artigos
Escrito por
MB

Dr. Marcos Bethlem

Pneumologista | Médico