Logo

Saúde

3 minutos de leitura

Nódulo no pulmão: causas, tipos e tratamento

Os nódulos no pulmão podem ter várias causas e ser benignos (não cancerígenos) ou malignos (cancerosos).
LPL
Dr. Luiz Paulo Loivos - Pneumologista - MédicoAtualizado em 21/12/2023
Nódulo no pulmão: causas, tipos e tratamento

Descobrir um nódulo no pulmão pode ser assustador. Mas, nem sempre significa um sinal de alerta para o câncer de pulmão. A condição pode ser benigna e provocada p​or diversos problemas de saúde.

Continue a leitura para saber mais sobre os tipos de nódulos no pulmão, quais são os sintomas e formas de tratamento.

Nódulo no pulmão: o que é?

Um nódulo é uma lesão sólida com mais de três centímetros de diâmetro, e, a depender do local, é possível senti-lo pela palpação. No caso do pulmão, os nódulos aprecem como uma lesão arredondada, e são detectados apenas por meio de exames de imagem.

Os nódulos no pulmão podem ter várias causas e ser benignos (não cancerígenos) ou malignos (cancerosos).

Tipos de nódulos

Veja abaixo a diferença entre os nódulos benignos e malignos no pulmão.

Nódulos benignos

Um nódulo benigno no pulmão é uma massa ou lesão anormal no tecido pulmonar que não representa risco de câncer. Portanto, não traz risco de morte.

Na maioria das vezes, o nódulo no pulmão acontece devido a uma infecção pulmonar ou pode ser até mesmo uma cicatriz de doenças anteriores, como pneumonia e tuberculose.

Nódulos malignos

Os nódulos malignos no pulmão são massas ou lesões anormais presentes no órgão compostas por células cancerosas. Portanto, possuem a capacidade de se espalhar para outras partes do corpo. Na maioria das vezes, representam o câncer de pulmão.

O que pode causar nódulos no pulmão?

Os nódulos do pulmão podem surgir devido a uma variedade de fatores, além do câncer.

As principais são:

  • Infecções, como tuberculose;

  • Inflamações pulmonares;

  • Lesões traumáticas na região torácica;

  • Exposição a substâncias tóxicas;

  • Algumas doenças autoimunes.

Sintomas

Na maioria das vezes, o nódulo de pulmão não causa sintomas. No entanto, quando é um câncer de pulmão, os sintomas são percebidos na doença mais avançada, quando há um grau de comprometimento pulmonar.

Veja alguns sinais dos nódulos no pulmão:

  • Dificuldade para respirar;
  • Cansaço ao menor esforço;
  • Dor no peito;
  • Tosse persistente;
  • Febre e secreções;
  • Perda de peso sem motivo aparente.

Nódulo no pulmão pode virar câncer?

Nem todo nódulo pulmonar é câncer de pulmão ou vai se tornar maligno. É fundamental buscar um especialista para receber um diagnóstico correto e começar o tratamento adequado.

Diagnóstico

O diagnóstico de um nódulo no pulmão inclui diversos exames após a consulta com o pneumologista

Inicialmente, é realizada uma avaliação clínica, na qual o paciente relata os seus sintomas, histórico médico e familiar.

Em seguida, são solicitados exames de imagem, como radiografia de tórax e tomografia computadorizada.

Se surgir um nódulo, pode ser preciso realizar o acompanhamento para avaliar se há crescimento ou mudanças na forma.

Quando há suspeita de que o nódulo é maligno, o médico pode solicitar uma biópsia, ou seja, é feita uma análise de uma amostra da lesão para determinar se é maligno.

Tratamento para nódulo no pulmão

Após o diagnóstico, o especialista define qual será o melhor tratamento para o nódulo no pulmão.

Se for benigno, muitas vezes, não há necessidade de tratamento. Eles podem ser monitorados por um período para garantir que não está crescendo. Também podem ser indicados medicamentos, como antimicrobianos, anti-inflamatórios ou imunossupressores. Já quando é um nódulo maligno, pode ser necessária uma cirurgia para remover o tumor. Além disso, pode ser indicado quimioterapia, radioterapia e imunoterapia.

A definição da melhor estratégia terapêutica dependerá do subtipo do câncer e da extensão da doença.

Quando procurar por um médico?

É importante manter os exames de rotina em dia para receber um diagnóstico precoce, já que o nódulo costuma ser assintomático.

A recomendação é procurar por um médico quando sentir tosse persistente, falta de ar, chiado no peito, dor torácica ou quando há histórico de câncer na família.

Escrito por
LPL

Dr. Luiz Paulo Loivos

Pneumologista | Médico

Artigos Relacionados

Novo dispositivo promete anular som de roncos

Saúde

1 min

Novo dispositivo promete anular som de roncos

A Silent Partner, uma startup britânica, desenvolveu um dispositivo capaz de anular o barulho de roncos
Artrite reumatoide: entenda quais as causas, sintomas da doença e qual o tratamento indicado para cada caso

Saúde

3 min

Artrite reumatoide: entenda quais as causas, sintomas da doença e qual o tratamento indicado para cada caso

Com o tratamento adequado é possível prevenir deformações causadas por essa doença autoimune
Qual a importância do alongamento para a prevenção de doenças?

Saúde

2 min

Qual a importância do alongamento para a prevenção de doenças?

A prática, a longo prazo, proporciona mais flexibilidade e é capaz até de melhorar a circulação sanguínea
Hábitos que ajudam a ter mais disposição no dia a dia

Saúde

2 min

Hábitos que ajudam a ter mais disposição no dia a dia

Veja dicas para viver uma vida mais plena e satisfatória
Ver mais artigos
Escrito por
LPL

Dr. Luiz Paulo Loivos

Pneumologista | Médico