Logo

Oncologia

4 minutos de leitura

Sangue nas fezes: causas, sintomas relacionados e o que pode indicar

GP
Dra. Gabriela Passos - Oncologista - MédicaAtualizado em 11/01/2024
Sangue nas fezes: causas, sintomas relacionados e o que pode indicar

A digestão é importante para absorver os nutrientes dos alimentos e eliminar o que não é útil para o organismo. O processo se inicia na boca, passando após pelo esôfago, estômago, intestino, segue para o reto e, então, o bolo fecal formado durante esse processo é eliminado pelo ânus através das fezes.

O bolo fecal é constituído de resíduos alimentares não absorvidos ao longo da digestão, células do trato gastrointestinal, bactérias e celulose. Na matéria de hoje, a Dra. Gabriela Passos, oncologista do Hospital São Lucas Copacabana explica o que o sangue nas fezes pode representar e o que se deve fazer.

Sangue oculto nas fezes sempre é câncer?

Não. Sangue oculto nas fezes pode indicar câncer colorretal, mas também é um sinal característico de outras alterações como úlcera no estômago, pólipos, Doença de Crohn e outras condições benignas.

O que pode causar sangue nas fezes?

Diversas condições podem ocasionar o sangue nas fezes e a tonalidade da secreção ajuda a identificar qual o órgão afetado.

Por exemplo, quanto mais viva a cor, maior a probabilidade de o problema estar ocorrendo mais próximo do ânus. Já se a coloração é amarronzada, há mais chance de ser alguma alteração decorrente de lesões do trato gastrointestinal alto, como esôfago, estômago, duodeno e início do cólon. Três classificações auxiliam na identificação do sangue nas fezes, são elas:

  • Hematoquezia: o sangramento vivo está normalmente relacionado a questões que atingem intestino grosso, reto ou ânus, pois a coloração avermelhada aponta que o sangue provavelmente não passou pelo processo de digestão. As causas mais comuns são fissuras anais, hemorroidas, sangramento em divertículos, alguns tipos de colite aguda, colites crônicas e câncer de intestino;
  • Melena: provoca o enegrecimento das fezes e apresenta odor fétido. Isso é consequência de o sangue possivelmente ter sido digerido, uma vez que o sangramento está ocorrendo em estruturas que precedem o intestino (boca, esôfago, estômago, intestino delgado e início de cólon). Pode indicar úlceras gástricas, varizes esofágicas, tumor no estômago ou em regiões próximas ao intestino.

“Lembrando que medicina não é matemática, pois podemos ter sim um sangramento vivo relacionado a partes mais distantes quando há uma situação de trânsito intestinal acelerado", complementa a Dra. Gabriela.

Existe ainda o sangue oculto, que não pode ser visto a olho nu e só é possível avaliá-lo mediante coleta de material fecal que será analisado em laboratório.

Como detectar sangue nas fezes?

A oncologista explica que o primeiro passo para detectar alterações dessa ordem é criar o hábito de observar as fezes e estar atento a sinais como:

  • Cor avermelhada na água do vaso sanitário após evacuar;
  • Fezes muito escuras, pastosas e com mal cheiro;
  • Manchas vermelhas nas fezes;
  • Sangue no papel higiênico.

O que fazer quando perceber sangue nas fezes?

A Dra. Gabriela Passos orienta: “Diante desse sinal, recorra a um clínico geral, gastroenterologista ou proctologista para dar início à investigação".

Caso identifique a presença de sangue nas fezes, o médico fará exame clínico no consultório e pode ainda solicitar exames de sangue em geral, colonoscopia e em alguns casos, coleta de fezes:

  • Hemograma: verifica se o sangramento está provocando anemia. Provas de atividade inflamatória, como PCR: ajudam a identificar colites.
  • Exame parasitológico de fezes ou coprocultura: identificam parasitas que podem causar lesão de mucosa intestinal.
  • Endoscopia alta: permite visualizar as paredes do esôfago, estômago e início do duodeno.

Sangue nas fezes é grave?

Segundo a especialista, o sangue nas fezes pode ser grave.

“Pode ser o sinal de uma simples hemorroida, bem como também pode indicar a presença de um tumor. De modo geral, é um alerta para procurar médico do trato gastrointestinal", explica.

Qual a importância do diagnóstico rápido?

O diagnóstico precoce aumenta as chances de cura, inclusive em casos de câncer. A Dra. Gabriela aconselha que “ao notar sangue visível nas fezes, o paciente recorra ao médico para iniciar uma investigação, já que, infelizmente, muitos pacientes não veem o sinal como um alerta e buscam ajuda profissional cerca de um ou dois anos depois, com o quadro já evoluído", completa.

Detecção precoce do câncer colorretal

De acordo com a oncologista, diagnosticar precocemente significa pegar a doença em fases curáveis. “E para isso, é necessário se atentar ao seu rastreio e inseri-lo nos exames periódicos. A colonoscopia ainda não é um exame de rotina para pacientes da faixa etária indicativa (a partir dos 45 anos), embora seja estimulada por entidades internacionais. O movimento Março Azul Marinho chama atenção para a importância do procedimento não só após a identificação de sangue oculto nas fezes, mas também como método de rastreio", conclui.

Oncologia: atendimento ambulatorial com conforto e segurança no coração do Rio de Janeiro

A Oncologia do Centro Médico do Hospital São Lucas, na Gávea, foi pensada para proporcionar um lugar que reúna todos os serviços necessários para a linha de cuidado do paciente oncológico. Localizado no quinto andar do Shopping da Gávea, o espaço oferece consultas, exames e serviços dedicados ao diagnóstico e tratamento de diversos tipos de câncer de forma prática e segura.

O paciente é acompanhado por uma equipe multidisciplinar especializada, com oncologistas, gastroenterologistas, cirurgiões oncológicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas. O foco está no atendimento humanizado, que coloca o paciente no centro da linha de cuidado e prioriza suas necessidades e expectativas em todos os estágios de diagnóstico, tratamento e reabilitação.

O Centro de Infusão, localizado no mesmo andar, dá suporte ao paciente que precisa de aplicação de medicamentos por via subcutânea, intravenosa e intramuscular. Com boxes individuais e espaço para acompanhantes, o local oferece um ambiente tranquilo durante o tratamento. O atendimento é conduzido de forma personalizada, de acordo com as necessidades de cada paciente.

O espaço está localizado no Centro Médico (quinto andar) do Shopping da Gávea, zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Para marcar uma consulta ou saber mais sobre a Oncologia do Centro Médico do Hospital São Lucas, no Shopping da Gávea, consulte nossos canais de atendimento.

Agendar consulta

Escrito por
GP

Dra. Gabriela Passos

Oncologista | Médica

Artigos Relacionados

Câncer na vagina: entenda o que é, quais são os sintomas e como é feito o tratamento

Oncologia

4 min

Câncer na vagina: entenda o que é, quais são os sintomas e como é feito o tratamento

Metástase no fígado: saiba quais são as causas e os possíveis tratamentos

Oncologia

3 min

Metástase no fígado: saiba quais são as causas e os possíveis tratamentos

Tumores malignos na mama, na próstata e no pulmão podem atingir o fígado, em um processo chamado metástase
Quais são os desafios do combate ao câncer no Brasil

Oncologia

2 min

Quais são os desafios do combate ao câncer no Brasil?

Tratamento tardio e envelhecimento da população são alguns obstáculos
Cirurgia de alta complexidade remove tumores

Oncologia

2 min

Cirurgia de alta complexidade remove tumores primários e metastáticos do peritônio

Ver mais artigos
Escrito por
GP

Dra. Gabriela Passos

Oncologista | Médica